Alimentos para fibromialgia: 8 que são ótimos! Menos dor, melhor coragem … Veja o que eles estão no post!

Os superalimentos saudáveis, incorporados em sua dieta, ajudam a manter seu sistema imunológico forte e saudável.
Saiba mais sobre esses alimentos e seus benefícios.
Saboreie esses imunoestimulantes naturais, prontamente disponíveis em um supermercado próximo ou nutricionista, regularmente e colha os frutos na forma de um sistema imunológico forte, pele saudável, mais energia, menos dor, melhor memória e melhor humor:

  1. Super Ervas
    “super ervas” imunoestimulantes podem ser consumidas regularmente como alimento.
    ANDEAN MACA regula e aumenta a função do sistema endócrino, alivia os sintomas da síndrome pré-menstrual e da menopausa, alivia a dor, melhora a memória, aumenta a fertilidade e a função sexual.

Um bom exemplo é a MORINGA, planta nativa das encostas do Himalaia.

Outro é o GINSENG PANAX, conhecido mundialmente por suas propriedades de recuperação de energia e aumento de resistência. É um chamado “adaptogen” que ajuda o corpo a se adaptar às condições estressantes do dia a dia.

  1. Superalimentos
    São alimentos vegetais, particularmente ricos em nutrientes benéficos à saúde.

Os superalimentos para incluir na dieta são:
Camu camu, uma pequena fruta nativa da floresta amazônica.
É uma das fontes mais concentradas de vitamina C e um poderoso antioxidante.
Pode ser tomado diariamente com limão e mel como elixir de imunidade, e é ideal para crianças, pois pode ser adicionado a bebidas, não tem açúcar e pode ser dosado de acordo com as necessidades.

O baobá é uma fonte fantástica de fibra alimentar, agindo como “alimento” (prebióticos) para as bactérias amigáveis ​​em seus intestinos que desempenham um papel importante na imunidade.
O Baobab contém pectina (uma forma de fibra), cálcio, vitamina C e ferro, o que o torna um alimento imunoestimulante poderoso.
Os cogumelos são usados ​​como imunoestimulantes naturais há séculos.
Os cogumelos japoneses são especialmente poderosos, pois contêm ergotioneína, uma forma de vitamina D, e um antioxidante que não é destruído durante o processo de cozimento.
Os cogumelos aumentam a produção e a atividade dos glóbulos brancos, que combatem as infecções.
Shiitake, Maitake e Reishi parecem ser os mais eficazes e podem ser consumidos diariamente.

  1. Probióticos, prebióticos e alimentos cultivados
    O sistema digestivo, a primeira linha de defesa do sistema imunológico, depende de bactérias vivas (ou “microflora”) para funcionar com eficiência.
    Tanto os prebióticos quanto os probióticos apoiam a saúde imunológica, promovendo o crescimento de bactérias intestinais benéficas e devem ser incorporados à sua dieta todos os dias.

Uma excelente fonte de probióticos é o iogurte de cultura simples, que é uma ótima coisa para comer todos os dias, enquanto boas fontes de prebióticos incluem aspargos, bananas e endívias.
Outras boas fontes de prebióticos e probióticos incluem alimentos cultivados fermentados, como kimchi, kombuchá, goma guar, chucrute e kefir.

  1. Frutas e vegetais coloridos
    As plantas contêm milhares de compostos naturais chamados fitoquímicos, que ajudam a protegê-los de germes, fungos e outras ameaças.
    Esses produtos químicos também podem proteger você.
    Se possível, opte por frutas e vegetais orgânicos sazonais, pois eles tendem a conter mais nutrientes.
    Também é melhor comer vegetais crus.
    Os mais poderosos de todos os antioxidantes dietéticos são encontrados na família das frutas vermelhas, por exemplo, mirtilos, amoras silvestres, mirtilos e morangos.
    As antocianinas dão às frutas vermelhas suas cores intensas e vivas (por exemplo, vermelho escuro ou roxo).
    Além disso, as bagas também contêm quantidades impressionantes de vitamina C.
    Exemplos de outros fitoquímicos que aumentam a imunidade e suas fontes de alimentos incluem:

Carotenóides amarelos na batata-doce e abóbora amarela Licopeno
vermelho no tomate e goiaba
Alicina branca no alho
Quercetina na cebola
Resveratrol em uvas roxas e vinho tinto

  1. Chá verde O
    bebê bebe chá verde regularmente.
    Esta popular bebida chinesa ajuda a manter a inflamação sob controle, rastreia os radicais livres causadores de doenças no corpo e protege as células contra danos ao DNA.

Mineral e antioxidante, o zinco é um imunoestimulante freqüentemente esquecido, mas extremamente importante.
Ajuda a curar infecções e retarda-as.
Ele é encontrado predominantemente na carne bovina, portanto, os vegetarianos devem prestar muita atenção à ingestão de zinco.
Outra boa fonte são as sementes de abóbora.

  1. Agentes
    desintoxicantes Alguns compostos auxiliam o corpo no processo de desintoxicação.
    Dessa forma, ele reduz a carga sobre o sistema imunológico.
    Um exemplo é a clorofila, um antioxidante encontrado em todos os vegetais verdes.
    Para colher os benefícios, entregue-se ao máximo possível de vegetais verdes.
  2. Proteína de soro

A proteína whey isolada do leite é facilmente absorvida e contém antioxidantes poderosos.
A proteína de soro de leite em pó pode ser incorporada a cafés da manhã e batidos, especialmente se você quiser aumentar e manter a resistência geral ao se exercitar.
(É adquirido como suplemento dietético, existem várias marcas).

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *